Trump e Macron se reunirão à margem da cúpula da Otan

Trump telefonou nesta segunda-feira a Macron para cumprimentá-lo por sua vitória nas eleições presidenciais na véspera

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou nesta segunda-feira por telefone com o presidente eleito da França, Emmanuel Macron, para felicitá-lo por sua vitória e ambos combinaram de realizar uma reunião durante a cúpula da Otan que Bruxelas receberá no próximo dia 25 de maio.

Trump expressou a Macron seu “desejo de trabalhar estreitamente” com ele para enfrentar “desafios compartilhados”, segundo um comunicado divulgado pela Casa Branca sobre a conversa telefônica entre ambos.

Além disso, Trump enfatizou perante Macron, vencedor deste domingo no segundo turno das eleições presidenciais francesas com 66,06% dos votos, a “longa e robusta história de cooperação” entre Estados Unidos e França, “seu aliado mais antigo”.

De acordo com a Casa Branca, os dois presidentes combinaram de se encontrar em uma reunião durante a cúpula da Otan de 25 de maio em Bruxelas.

Neste domingo, após saber da vitória do social liberal Macron sobre a candidata ultradireitista Marine Le Pen, Trump o felicitou através de sua conta pessoal no Twitter.

“Felicitações a Emmanuel Macron por sua ampla vitória hoje como o próximo presidente de França. Tenho muita vontade de trabalhar com ele!”, escreveu Trump.

Além disso, em um comunicado paralelo do porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, o governo Trump também felicitou Macron e “o povo de França por suas exitosas eleições presidenciais”.

“Estamos ansiosos para trabalhar com o novo presidente e continuar nossa estreita cooperação com o povo francês”, concluiu a nota.

A Casa Branca já tinha expressado durante a semana que Trump trabalharia “com o presidente que escolhessem os franceses”, independentemente dos resultados.