Trump diz que Huawei é um risco de segurança; Otan quer 5G mais segura

Durante a cúpula da Otan, Trump criticou a empresa chinesa de telecomunicações Huawei e 5G

Watford, Inglaterra — O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que a empresa chinesa de telecomunicações Huawei representa um risco de segurança, após a Otan dizer que precisa da tecnologia 5G mais segura.

No que alguns comparam à corrida armamentista da Guerra Fria, os EUA temem que o domínio 5G dê a rivais globais como a China uma vantagem que Washington não está pronta para aceitar.

“Eu acho que é um risco à segurança, é um perigo à segurança”, disse Trump.

“Eu falei com a Itália e eles parecem que não vão seguir adiante. Falei com outros países, eles não vão seguir em frente. Todo mundo com quem eu falei não vai seguir em frente”, disse.

Os líderes da Otan disseram nesta quarta-feira que precisam de comunicações 5G seguras.

“A Otan e os aliados, dentro de suas respectivas autoridades, estão comprometidos em garantir a segurança de nossas comunicações, incluindo o 5G, reconhecendo a necessidade de confiar em sistemas seguros e resilientes”, disse a organização numa declaração.