Trump diz que “Força Espacial” é para ter domínio sobre adversários

Presidente assinou projeto de lei de gastos de defesa totalizando quase US$750 bi e prometeu que nova "Força Espacial" dará domínio sobre adversários

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta segunda-feira um projeto de lei de gastos de defesa totalizando quase 750 bilhões de dólares, e prometeu que a nova “Força Espacial” dará ao país o domínio sobre seus adversários.

“Nossos competidores começaram a militarizar o espaço”, advertiu Trump diante de soldados na base Fort Drum, no estado de Nova York, ao assinar uma Lei de Autorização de Defesa Nacional aprovada pelo Congresso no começo deste mês.

“Não é suficiente ter presença americana no espaço. Devemos ter um domínio americano no espaço”, disse Trump, advertindo sobre a ameaça da China e de outras nações.

“Vi coisas que não querem ver sobre o que estão fazendo e como estão avançados”, ressaltou em referência aos relatórios de segurança sobre os progressos de outras potências.

“Querem bloquear as transmissões, o que ameaça nossas operações no campo de batalha e muitas outras coisas”, detalhou.

Trump mencionou especificamente uma “nova” divisão militar chinesa que supervisiona as operações espaciais.

O projeto de lei de gastos contém uma série de disposições importantes, incluindo a proibição de entregar aviões de combate F-35 Joint Strike Fighter à Turquia, um aliado da OTAN, a menos que abandonem a tecnologia russa.