Trump defende expulsão de imigrantes ilegais e delinquentes

Na semana passada, foram presos e deportados centenas de imigrantes no contexto de várias operações simultâneas.

Donald Trump defendeu neste domingo as primeiras expulsões de imigrantes ilegais de sua presidência, dirigidas contra estrangeiros indocumentados e considerados delinquentes, o que causou protestos da esquerda e de organizações de imigrantes.

“A repressão contra os criminosos clandestinos não é mais do que a aplicação da minha promessa de campanha”, escreveu o presidente no Twitter. “Membros de gangues, traficantes de drogas e outros estão sendo expulsos!”, comemorou.

Na semana passada, foram presos e deportados centenas de imigrantes no contexto de várias operações simultâneas da agência federal que lida com expulsões nas fronteiras, especialmente em Los Angeles, Nova York, Chicago e Austin (Texas).

As autoridades federais não divulgaram o número exato de detidos. Mas vários legisladores democratas cobraram esclarecimentos do governo por medo de que as operações também afetem os imigrantes ilegais sem processos judiciais pendentes.