Trump criará comissão para investigar suposta fraude eleitoral

Segundo Trump, fraude parece evidente ao olhar registros de votos de "pessoas mortas" ou "registradas em dois estados"

Donald Trump declarou neste domingo que está criando uma comissão, liderada pelo vice-presidente, Mike Pence, que investigará sua acusação de fraude durante a eleição de 2016.

Trump e a Casa Branca não puderam provar a alegação do presidente, já que não ocorreram evidências públicas de votos ilegais em grande escala durante a eleição de novembro passado.

Mas durante uma entrevista à Fox News divulgada pouco antes do Superbowl no domingo, Trump fez uma lista das maneiras nas quais acreditava que havia ocorrido a fraude eleitoral.

A fraude foi evidente, disse Trump, “quando você olha os registros e vê que gente morta votou, que gente registrada em dois estados votou em dois estados, quando vê outras coisas, quando vê ilegais – pessoas que não são cidadãs – e estão nas listas de votação”.

Os advogados de Trump confirmaram em documentos legais que não existiam evidências de fraude na eleição de 8 de novembro.