Trump condena governador da Califórnia por perdoar imigrantes

Trump listou os crimes dos ex-condenados, que incluem violência doméstica, posse de drogas, sequestro e roubo

Sacramento – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, condenou o governador do Estado da Califórnia, Jerry Brown, por ter perdoado cinco imigrantes que tinham sido condenados e enfrentam processo de deportação. Dois deles são de famílias que fugiram quatro décadas atrás do regime do Khmer Vermelho, do Camboja, partido que na década de 1970 adotou políticas que levaram à morte de milhares de pessoas no país.

Por meio de sua conta no Twitter, Trump listou os crimes dos ex-condenados, que incluem violência doméstica, posse de drogas, sequestro e roubo. “Realmente é isso o que o grande povo da Califórnia deseja?”, disse o presidente norte-americano pela rede social.

A assessoria de imprensa de Brown não comentou a declaração de Trump.

A intervenção de Brown foi a terceira feita por um democrata em favor de imigrantes deportados ou que enfrentam processo de deportação por terem sido condenados por algum crime. Brown acusou a administração Trump de “basicamente declarar guerra” à Califórnia no que diz respeito a políticas migratórias.

O perdão dado por Brown na última sexta-feira não suspende automaticamente a deportação, mas anula as condenações nas quais as autoridades se basearam para deportar os imigrantes.

Fonte: Associated Press.