Tropas dos EUA seguem à África para combater ebola

Segundo general Ray Odieno, doença se propagou mais rápido do que o esperado, então os Estados Unidos precisam destacar pessoas e elevar os números rapidamente

Washington – A principal autoridade do Exército norte-americano afirmou que milhares de soldados serão enviados à África nos próximos 30 dias com o objetivo de implantar instalações e formar equipes de treinamento para ajudar no tratamento a vítimas do ebola.

Segundo o general Ray Odieno, a doença se propagou mais rápido do que o esperado, então os Estados Unidos precisam destacar pessoas e elevar os números rapidamente.

O presidente Barack Obama prometeu mandar três mil soldados.

O comandante militar do Exército e uma pequena equipe já chegaram na Libéria para as primeiras análises da situação.

Antes de enviar as tropas, Odierno afirmou que as forças armadas precisam ter certeza de que estão preparados para operar nesse ambiente, o que inclui a segurança dos trabalhadores da Saúde.

As unidades militares que serão enviadas não foram identificadas.

Fonte: Associated Press.