Tripulantes da Latam do Chile fazem greve na terça-feira

Reinvindicações são por melhoras trabalhistas e de salário

Santiago – Os tripulantes da unidade chilena do grupo Latam Airlines, que reúne a LAN e a brasileira TAM, promovem uma greve na terça-feira por melhoras trabalhistas e de salário, disse o sindicato que representa os trabalhadores. A paralisação obrigou a empresa a cancelar ou reprogramar cerca de 100 voos.

A Latam, maior grupo de transporte aéreo da América Latina, se encontrava em um período de negociações com os tripulantes, mas as conversas não resultaram em um acordo.

“Estivemos todo o fim de semana negociando com a empresa, mas foi impossível chegar a um acordo porque faltam condições mínimas que nós acreditamos não serem negociáveis”, disse à Reuters Giannina Fiora, diretora do sindicato de tripulantes da LAN Express, filial da Latam.

A LAN Express cobre todas as rotas dentro do Chile e voos a vários destinos da América do Sul, desde o aeroporto da capital chilena.