Trem com destroços do avião da Malaysia chega à Carcóvia

Trem com restos do Boeing abatido no leste ucraniano chegou à cidade de Carcóvia, controlada pelo governo

Kiev – O trem com os restos do Boeing 777 da Malaysia Airlines abatido no leste da Ucrânia chegou nesta segunda-feira à cidade de Carcóvia, controlada pelo governo de Kiev.

“O trem com os fragmentos do voo MH17 chegou a seu destino, Carcóvia”, escreveu no Twitter o Conselho de Segurança da Holanda, país que receberá as partes da aeronave para tentar esclarecer as circunstâncias da queda.

O comboio, integrado por 13 vagões, sendo 12 de carga e um de passageiros, saiu ontem da estação de Pelageyevka, na região de Donetsk, em poder dos separatistas pró-Rússia. No trem viajaram 15 analistas holandeses, observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e seis milicianos pró-Rússia.

O voo MH17 da Maylasia Airlines cobria a rota Amsterdã-Kuala Lumpur quando foi derrubado em 17 de julho supostamente por um míssil enquanto sobrevoava o leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo, 196 delas holandesas. Não houve sobreviventes.

Os destroços do Boeing caíram em uma zona controlada pelos separatistas pró-Rússia, o que dificultou o recolhimento.

As autoridades ucranianas acusaram os rebeldes de terem derrubado o avião, porém o grupo negou contar com armamento capaz de abater um alvo à altura em que voava o Boeing da Malaysia Airlines.