Tratador é morto por tigre em zoológico na China

Funcionário do jardim zoológico de Xangai morreu após o ataque de um dos tigres dos quais era o tratador

Xangai – Um funcionário do jardim zoológico de Xangai, no leste da China, morreu após o ataque de um dos tigres dos quais era o tratador, de uma subespécie em risco de extinção, informou nesta quarta-feira o jornal oficial “Shanghai Daily”.

A vítima, um homem de 57 anos de sobrenome Zhou, foi atacado ontem, terça-feira, enquanto limpava uma jaula na área de criação do parque, habitualmente fora da vista dos visitantes, por um tigre macho de nove anos de idade, que estava junto de seus filhotes.

Os companheiros de Zhou acreditam que o funcionário pode ter se esquecido de fechar uma porta ao entrar nessa área, o que possibilitou a entrada do tigre.

O animal pertence a uma subespécie, o tigre do sul da China, natural das províncias de Fujian, Hunan, Jiangxi e Cantão, no sudeste do país, declarada em perigo crítico de extinção desde 1996.