TPI vai investigar atrocidades na República Centro-Africana

Tribunal Penal Internacional abriu uma investigação formal sobre uma lista de atrocidades cometidas na República Centro-Africana por milícias armadas

Haia – O Tribunal Penal Internacional (TPI) abriu uma investigação formal sobre uma “lista interminável” de atrocidades supostamente cometidas na República Centro-Africana por milícias armadas desde agosto de 2012, informou a instituição em um comunicado divulgado nesta quarta-feira.

“Meu gabinete reuniu e analisou escrupulosamente informações relevantes procedentes de múltiplas fontes confiáveis”, declarou o promotor Fatou Bensouda no texto.

“Ao concluir esta análise independente e profunda, chegamos a conclusão de que é justificável dar início a uma investigação”, acrescentou.

Esta decisão ocorre após uma análise preliminar iniciada em fevereiro para determinar se seu gabinete deveria investigar ou não as violências intercomunitárias que mergulhou o país no caos.