Tiroteio próximo a Parlamento do Canadá deixa 1 morto e 3 feridos

A polícia realiza buscas no local para encontrar o autor dos disparos

Toronto  — Uma pessoa morreu e outras três ficaram gravemente feridas após um tiroteio na manhã desta quarta-feira em uma rua do centro de Ottawa, no Canadá, de acordo com informações da polícia da capital do país.

Em um comunicado, a polícia disse que está procurando o suposto autor do tiroteio e que seus agentes fazem a segurança do local onde ocorreu o fato.

As autoridades canadenses não divulgaram o possível motivo do tiroteio nem a identificação das vítimas.

Por volta das 7h30 (horário local, 9h30 de Brasília), a polícia de Ottawa disse no Twitter que estava realizando uma operação na Gilmore Street, no centro da capital canadense, e recomendou que o público evitasse a área.

Pouco tempo depois, a polícia explicou que houve um tiroteio no local, que fica perto do Parlamento do Canadá, e que “muitas pessoas ficaram feridas”. Ao mesmo tempo, o serviço de segurança do Parlamento aconselhou que evitassem a área.

“A polícia foi para a área depois de receber informações sobre vários tiros. Uma vez no local, os policiais encontraram várias pessoas feridas. Neste momento, três pessoas foram transportadas para o hospital com ferimentos graves e a morte de uma pessoa é confirmada”, disse a polícia.

Pouco antes das 9h (horário local, 11h de Brasília), a polícia da capital canadense explicou que, embora seus agentes já estejam controlando o local do tiroteio, “ainda procuram o suspeito” que supostamente fez os disparos.

“Não é considerada uma situação com um atirador ativo, mas o suspeito ainda está livre e não foi capturado”, acrescentou a polícia.