Tiroteio deixa 5 mortos na Tunísia

Um agente da Guarda Nacional tunisiana e quatro supostos terroristas morreram em um enfrentamento armado

Túnis – Um agente da Guarda Nacional tunisiana e quatro supostos terroristas morreram nesta terça-feira em um enfrentamento armado em um bairro do norte da capital da Tunísia, que não terminou, informaram jornais nacionais.

Segundo as fontes, o guarda nacional identificado como Ramzi Zinubim, de 29 anos, morreu durante um confronto entre as forças de segurança e um grupo armado que se escondeu em uma casa.

Entre os quatro supostos terroristas mortos estão, segundo a imprensa, Aladín Ben Abdelwahab, conhecido como “Abu Hayder”, e Ali Mustafá Ben Saad Kalaim, que as autoridades consideram responsáveis pela morte de oito membros da Guarda Nacional em um ataque ocorrido em agosto passado na província de Kaserín.

Os enfrentamentos, que eclodiram na tarde de ontem, continuaram esta manhã em torno de uma casa do bairro de Rawed.

Segundo os veículos de imprensa, as autoridades da segurança acreditam que entre os supostos terroristas que ainda continuam enfrentando as forças de segurança está Kamel Gadgadi, principal suspeito do assassinato do líder de esquerda, Chukri Bel Aid, no ano passado.