Texas ordena que família de homem com ebola fique em casa

Autoridades sanitárias ordenaram que os familiares do primeiro homem diagnosticado com ebola nos Estados Unidos permaneçam em casa

Dallas – As autoridades sanitárias do Texas ordenaram que os familiares do primeiro homem diagnosticado com ebola nos Estados Unidos permaneçam em casa, em meio a relatos que indicam que 80 pessoas estiveram em contato com o paciente.

O homem infectado, identificado como Thomas Eric Duncan, viajou da Libéria para o Texas em setembro e começou a apresentar sintomas da doença cerca de uma semana antes de ser isolado, o que levantou preocupações sobre o número de pessoas expostas o vírus.

“Aplicamos protocolos reais para proteger a população e impedir a propagação desta doença”, indicou o secretário de Saúde do estado, David Lakey.

A ordem dada à família do paciente “nos permite monitorar a situação da forma mais meticulosa”, acrescentou Lakey.

As autoridades também indicaram que controlam 80 pessoas que tiveram contato direto ou indireto com Duncan.

O vírus ebola é transmitido de uma pessoa a outra através de fluidos corporais e seu período de incubação é de até 21.

Os familiares do paciente deverão dar amostras de sangue para análise em caso de aparecimento de quaisquer sintomas de ebola, incluindo febre, dores musculares, vômitos e diarreia.