Teste com vacina experimental contra ebola é suspenso

Trata-se da vacina VSV-ZEBOV, desenvolvida pela Agência de Saúde Pública do Canadá

Genebra – Os testes clínicos de uma das vacinas experimentais contra o ebola foi suspenso porque algumas pessoas que foram inoculadas desenvolveram dores musculares, segundo confirmou nesta quinta-feira Mary-Paule Kieny, diretora geral adjunta da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Trata-se da vacina VSV-ZEBOV, desenvolvida pela Agência de Saúde Pública do Canadá e cujo direito de patente está nas mãos, atualmente, de um laboratório dos Estados Unidos.

“Algumas pessoas vacinadas desenvolveram dores musculares, algo que é normal quando há uma infecção viral. Mas por precaução, os investigadores decidiram suspender durante algumas semanas o teste para saber um pouco mais sobre as dores musculares”, explicou Kieny.