Terroristas ainda têm capacidade para atentados, diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que as redes terroristas que atuam no país ainda têm capacidade para praticar atentados

Moscou – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que as redes terroristas que atuam no país ainda têm capacidade para praticar atentados contra a população civil.

“A situação continua sendo complexa: as redes terroristas clandestinas, apesar de sofrerem fortes baixas, ainda mantêm a capacidade de cometer atentados contra a população civil”, disse Putin em reunião com o estado maior do Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB) da Rússia.

O chefe do Kremlin acrescentou que os grupos extremistas tentam não só reativar suas ações no Cáucaso Norte, mas também ampliá-las para outras regiões do país, como a do Volga e a Rússia Central.

Segundo Putin, os extremistas buscam provocar conflitos étnicos e sectários e “realizam entre os jovens uma propaganda agressiva com o emprego de tecnologias da informação, que incluem internet e as redes sociais”.

“Só no ano passado foram neutralizadas mais de 400 páginas da internet de tendência terrorista e radical, e este trabalho contra o extremismo no setor da informação deve continuar de maneira consequente”, disse Putin.

O presidente destacou que neste ano foram detectados e repelidos mais de nove milhões de ataques contra os sistemas de informação das instituições governamentais.

“É preciso estar preparado contra estas tentativas de penetrar em nosso espaço da informação”, disse Putin aos comandantes do FBS.