Terrorista de Nice tinha fotos jihadistas e de Bin Laden

Até o momento, no entanto, não foi encontrada qualquer prova de que o tunisiano Mohamed Lahouaiej-Bouhlel tivesse jurado lealdade ao EI

Paris – O terrorista que causou 84 mortes na quinta-feira passada em Nice, no sul da França, tinha baixado em seu computador há poucas semanas imagens extremamente violentas de crimes cometidos pelo Estado Islâmico (EI) como decapitações, assim como fotos de líderes jihadistas como Osama bin Laden e Mokhtar Belmokhtar.

O promotor da República, François Molins, explicou em um comparecimento perante a imprensa que até o momento não foi encontrada qualquer prova de que o tunisiano Mohamed Lahouaiej-Bouhlel tivesse jurado lealdade ao EI nem que tivesse contato com membros dessa organização.

Segundo Molins, o autor da ação tinha mostrado um “interesse certo, mas recente” pelo movimento jihadista, e destacou que “a radicalização pode produzir-se mais rapidamente quando é dirigida a mentes perturbadas”.