Terremoto deixa 42 feridos e causa danos materiais no sul do Irã

A cidade mais afetada pelo terremoto foi Hoyedk, situada em uma área montanhosa no sudeste da província

Teerã – Pelo menos 42 pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira e cerca de 40 casas foram danificadas por um terremoto de magnitude 6,1 registrado na província de Kerman, no sul do Irã.

A cidade mais afetada por este novo terremoto foi Hoyedk, situada em uma área montanhosa no sudeste da província, segundo a agência oficial iraniana, “IRNA”.

O presidente do Irã, Hassan Rohani, pediu ao ministro do Interior, Abdolreza Rahmani Fazli, a tomar todas as medidas necessárias para ajudar os afetados.

O Instituto Sismológico de Teerã informou que o terremoto aconteceu às 06h02 (horário local, 0h32 de Brasília) a uma profundidade de 10 quilômetros, confirmando os dados divulgados anteriormente pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Várias réplicas foram registradas após o terremoto, uma das quais alcançou magnitude 5 na escala Richter.

O Irã tem uma grande atividade sísmica. No último dia 12 de novembro, um forte terremoto de magnitude 7,3 deixou mais de 500 mortos e 12 mil feridos na província ocidental de Kermanshah.

A região de Kerman também foi palco em dezembro de 2003 de um grave terremoto, que deixou mais de 31 mil mortos.