Terremoto deixa 12 feridos no Equador

O terremoto de magnitude 4,7 na escala aberta de Richter atingiu neste sábado a província equatoriana de Pichincha

Quito – Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas em um terremoto de magnitude 4,7 na escala aberta de Richter que atingiu neste sábado a província equatoriana de Pichincha, cuja capital é Quito.

Javier Santos, técnico do Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional, disse à Agência Efe que o tremor, uma réplica do terremoto de magnitude 5,1 que sacudiu a província na terça-feira passada, ocorreu às 10h08 locais (12h08 de Brasília) a 7,79 quilômetros de profundidade.

O prefeito de Quito, Mauricio Rodas, informou em sua conta no Twitter que o sismo deste sábado, que ‘teve como epicentro o mesmo lugar do sismo principal’, deixou 12 feridos no setor de Guayllabamba.

Dois dos feridos estavam em um veículo em Guayllabamba e os outros 10 em um ônibus na via Oyacoto, detalhou o prefeito.

Além disso, Rodas indicou que aconteceram deslizamentos de terra nas zonas de Oyacoto e Guayllabamba e que, por razões de segurança, foram suspensas as atividades no aeroporto de Quito, situado na zona de Tababela, cerca de 60 quilômetros ao leste da capital.

O tremor foi sentido com clareza em Quito e em vales limites, da mesma forma que o ocorrido na terça-feira passada.

O terremoto 12 de agosto provocou a morte de três pessoas, entre elas uma criança de quatro anos.