Terremoto de 6,5 graus sacode as ilhas Salomão

Não há alerta de mortos e nem de um possível tsunami na região

Sydney – Um terremoto de magnitude 6,5 graus na escala Richter sacudiu nesta terça-feira as Ilhas Salomão, no Pacífico Sul, sem que as autoridades tenham informado sobre mortos ou emitido um alerta de tsunami.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que vigia a atividade sísmica mundial, localizou o movimento telúrico a 54,7 quilômetros de profundidade e 178 quilômetros ao sudeste de Honiara, a capital do país.

A população mais próxima do epicentro é Kirakira, capital da província de Makira-Ulawa, na antiga ilha de San Cristobal, que conta com cerca de 1 mil habitantes.

Em abril de 2007, um terremoto de 8,1 graus gerou um tsunami que causou a morte de 30 pessoas e arrasou parte da cidade de Gizo.

Situadas ao leste de Papua Nova Guiné, as Ilhas Salomão estão sobre o Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida a cada ano por cerca de 7 mil tremores, a maioria de intensidade moderada.