Termina o horário de verão no Uruguai

Empresa estatal de energia elétrica informou que a economia de energia representou 5% sobre o total utilizado no horário de pico do país.

O Uruguai atrasará na madrugada de domingo em 60 minutos sua hora oficial, pondo fim ao horário de verão no país, medida que propiciou uma economia energética de 10 milhões de dólares no período, de acordo com autoridades.

O procedimento obedece a um decreto presidencial de setembro de 2006, segundo o qual o horário do país é adiantado em 60 minutos no primeiro domingo de outubro e volta ao normal no segundo domingo de março.

A empresa estatal de energia elétrica do Uruguai (UTE) informou na sexta-feira que a economia de energia representou 5% sobre o total utilizado no horário de pico do país.

O horário de verão também foi positivo para o ambiente, pois gerou uma redução de mais de 14.000 toneladas nas emissões de dióxido de carbono e outros gases poluentes.