Tempestades de inverno nos EUA deixam 4 mortos e milhares sem energia

Cerca de 200.000 residências e empresas estavam sem energia elétrica no Texas, Louisiana, Mississippi, Arkansas, Tennessee, Illinois e Michigan

Pelo menos quatro pessoas morreram, mais de 1.000 voos foram cancelados só em Chicago, e milhares de pessoas estavam sem energia em partes de sete Estados devido a tempestades de inverno que despejavam neve, chuva e granizo do Texas a Michigan, neste sábado.

Rajadas de vento com força de furacão, pedras de granizo do tamanho de bolas de golfe e entre 5 a 13 centímetros de neve caíram na noite de sexta-feira e no início do sábado, disseram meteorologistas do Serviço Nacional de Meteorologia (NWS).

“O verdadeiro perigo vem do vento e do acúmulo de gelo”, disse o meteorologista Bob Oravec, do Centro de Previsão Meteorológica da NWS em College Park, Maryland.

“O gelo e o vento tornarão a condução traiçoeira, e as árvores podem quebrar, derrubar a energia e causar outros danos”, acrescentou.

Duas pessoas morreram quando a tempestade destruiu um trailer no noroeste da Louisiana na sexta-feira, de acordo com a polícia local. A mídia relatou que uma terceira pessoa morreu depois que uma árvore caiu em uma casa no mesmo Estado.

Uma quarta pessoa morreu na sexta-feira devido às tempestades quando um carro saiu da estrada e caiu em um riacho em Dallas, informou a NBC.

Cerca de 200.000 residências e empresas estavam sem energia elétrica no Texas, Louisiana, Mississippi, Arkansas, Tennessee, Illinois e Michigan na tarde de sábado, de acordo com o site de rastreamento PowerOutage.us.

A maior parte dos atrasos e cancelamentos de voos no país atingiu o Aeroporto Internacional O’Hare, em Chicago, com mais de 1.000 voos cancelados e centenas mais atrasados na tarde de sábado, de acordo com flightaware.com.

(Reportagem de Rich McKay, em Atlanta)