Tempestade tropical Gordon mata uma criança nos EUA

Furacão Florence também se aproxima do país, podendo alcançar a costa Leste dos EUA neste final de semana

Nova Orleans – A depressão tropical Gordon deve provocar mais chuvas nos Estados da região central dos Estados Unidos nesta quinta-feira, e o furacão Florence, uma gigantesca tempestade de categoria 3, rumou para as Bermudas, disse o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC).

Tempestades alagaram ruas da Louisiana, Arkansas e Mississippi à medida que a tempestade seguia para o norte, ameaçando levar chuvas fortes ao Vale do Mississippi e ao Meio-Oeste ao longo dos próximos dias, disse o NHC.

Algumas áreas do noroeste do Mississippi, a maior parte do Arkansas e o centro do Meio-Oeste podem receber até 18 centímetros de chuva, e áreas isoladas podem receber até 25 centímetros de quinta-feira a sábado, e o fenômeno ainda deve provocar enchentes relâmpago, segundo o centro.

A tempestade, que chegou ao continente na terça-feira, causou danos mínimos em propriedades até agora, disse o NHC, mas uma menina de 2 anos morreu quando uma árvore caiu sobre um trailer em Pensacola, na Flórida, relataram autoridades.

Até a manhã desta quinta-feira menos de 1 mil casas e negócios continuavam sem eletricidade, de acordo com o site Poweroutages.us., uma vez que as prestadoras de serviço restauraram o serviço para dezenas de milhares de clientes na região.

Empresas de energia e operadoras de portos ao longo da Costa do Golfo dos EUA adotaram medidas para retomar as operações depois que o Gordon forçou uma redução de 9 por cento da produção de petróleo e gás natural da região.

Os preços do petróleo caíram cerca de 1 por cento na quarta-feira, quando os temores a respeito da tempestade diminuíram.

No Oceano Atlântico, o furacão Florence, tempestade de Categoria 3 em uma escala que chega a 5, seguiu para as Bermudas nesta quinta-feira com ventos contínuos máximos de 185 quilômetros por hora.

O primeiro grande furacão da temporada do Atlântico afetará a arrebentação nas Bermudas até sexta-feira, mas é cedo demais para dizer se chegará à terra.

“Vagas criadas pelo Florence começarão a afetar as Bermudas na sexta-feira e alcançarão partes da Costa Leste dos EUA durante o final de semana”, disse a agência. “Estas vagas devem causar uma arrebentação com risco de morte e correntes de retorno”. O Florence estava 1.882 quilômetros a leste-sudeste das Bermudas na manhã desta quinta-feira.

O Florence continuará a perder força durante os próximos dois dias, mas “deve continuar sendo um furacão intenso durante vários dias”, disse o NHC.