Tempestade Michael deve se tornar um furacão e atingir Flórida

A tempestade tropical deve ganhar força e se tornar um furacão de categoria 1 até a noite desta segunda-feira

A tempestade tropical Michael está a caminho de atingir o Estado norte-americano da Flórida no meio desta semana como um furacão de categoria 2, com ventos de 160 km/h ou mais fortes, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) em boletim nesta segunda-feira.

A tempestade tropical deve ganhar força e se tornar um furacão de categoria 1 até a noite desta segunda-feira, ou na manhã de terça, à medida que se direcionava ao Golfo do México, com ventos de 112 km/h às 5h do horário local, disseram meteorologistas, pouco menos do que o necessário para ser considerado um furacão.

A tempestade é designada como um furacão de categoria 1 se alcançar 119 km/h ou mais, e um furacão de categoria 2 se atingir 154 km/h ou mais, de acordo com a escala Saffir-Simpson.

O governador da Flórida, Rick Scott, declarou estado de emergência em mais de 20 condados das regiões de Panhandle e Big Bend, e deixou mais de 5 mil soldados da Guarda Nacional em alerta.

“Nosso Estado entende o quão sério é o clima tropical e o quão devastador qualquer furacão ou tempestade tropical pode ser”, disse Scott em comunicado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s