Tempestade Karen perde força a caminho da costa dos EUA

Companhias de petróleo no Golfo interromperam a produção e retiraram funcionários das plataformas marítimas com a aproximação da tempestade

Miami – A tempestade tropical Karen perdeu força ao atravessar o Golfo do México nesta sexta-feira, afetando a produção de petróleo dos EUA em seu caminho até a costa da Louisiana e Flórida, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Companhias de petróleo no Golfo interromperam a produção e retiraram funcionários das plataformas marítimas com a aproximação da tempestade a uma região responsável por cerca de 20 por cento da produção de petróleo dos EUA.

Os governadores da Louisiana, Mississipi e Flórida declararam estado de emergência de modo a acelerar os preparativos para a tempestade, e a agência federal dos EUA para situações de emergência convocou funcionários de licença para ajudar.

Karen enfraqueceu um pouco ao longo da noite, com ventanias de 95 km/h na manhã de sexta.

O epicentro da tempestade estava localizado a cerca de 445 quilômetros ao sul-sudoeste da foz do rio Mississipi e se movia em direção ao norte-noroeste. Espera-se que a tempestade vire para o norte e então para o nordeste, atingindo a costa no sábado, disseram os meteorologistas no centro de Miami.

A tempestade se torna um furacão se atingir ventos contínuos de 119 km/hora.