Tempestade elétrica deixa ao menos 6 mortos na Alemanha

A pior tempestade dos últimos sete anos causou danos em centenas de edifícios, afetou o trânsito terrestre e aéreo, e cortou o fornecimento de energia

Berlim – Pelo menos seis pessoas morreram nas últimas horas desta terça-feira no oeste da Alemanha por causa da pior tempestade dos últimos sete anos, que causou danos em centenas de edifícios, afetou o trânsito terrestre e aéreo, e cortou o fornecimento de energia elétrica em várias regiões.

De acordo com informações divulgadas hoje por polícia e bombeiros do estado da Renânia do Norte-Vestfália (RNW), três pessoas morreram depois que uma casa desabou perto de Düsseldorf, dois ciclistas morreram em Colônia e Krefeld, respectivamente, pela queda de árvores, e outra pessoa perdeu a vida em Essen enquanto trabalhava na remoção de escombros de uma estrada.

A Deutsche Bahn, maior operadora ferroviária do país, informou que a maioria das viagens de trem em torno de Colônia foram canceladas porque as vias estão bloqueadas por centenas de árvores caídas, o que acabou afetando total ou parcialmente os transportes na região, inclusive nas estradas.

O aeroporto internacional de Düsseldorf foi forçado a fechar por uma hora e a cancelar dezenas de voos por conta da tempestade elétrica e da velocidade do vento, que chegou a 150 km/h.

Todos os efetivos da polícia e dos bombeiros da RNW se encontram em serviço desde ontem pela tarde e atenderam várias chamadas de emergência por inundações, pequenos incêndios gerados por raios e danos causados pela queda de árvores.

O Serviço Meteorológico Alemão (DWD, sigla em alemão) explicou que o temporal está cruzando o país por seu quadrante noroeste e adiantou que novas tempestades devem acontecer nas próximas horas, mas com menor intensidade. EFE