Tempestade deixa 26 mortos e 43 desaparecidos nas Filipinas

Número de afetados pelo Kai-Tak chega a 248.790 pessoas, das quais 92.613 estão amparadas em 302 centros de abrigo

Bangcoc – Pelo menos 26 pessoas morreram e 43 desapareceram devido às inundações e deslizamentos de terra causados pela tempestade Kai-Tak na região central das Filipinas, enquanto o número de desabrigados ronda as 250 mil pessoas, segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades.

As mortes aconteceram nas províncias de Biliran, Leyte, Samar e Samar Oriental e a maior parte delas ocorreu em deslizamentos de terra, afirmou a porta-voz do Conselho Nacional de Gestão e Redução do Perigo de Desastre, Romina Marasigan, segundo a rede de televisão ABS-CBN.

O número de afetados pelo Kai-Tak chega a 248.790 pessoas, das quais 92.613 estão amparadas em 302 centros de abrigo, enquanto outras 20.024 são atendidas pelas autoridades fora destes centros, segundo dados oficiais.

Também foram cancelados 113 voos nacionais desde o dia 13 por causa do Kai-Tak.

Os meteorologistas preveem que o Kai-Tak deixe o país amanhã, mas enquanto isso aconselham os moradores na região de Palawan que tenham cuidado com as inundações e os deslizamentos de terra e que se mantenham informados da situação através das autoridades.