Tammy Baldwin é a primeira senadora gay assumida dos EUA

Como a primeira mulher abertamente homossexual escolhida para o Senado de EUA, Baldwin ''é um modelo a ser seguido para os jovens LGBT'', disse Chade Griffin

Washington – Tammy Baldwin se tornou nesta quarta-feira a primeira senadora abertamente homossexual dos Estados Unidos, ao ganhar uma cadeira no estado de Wisconsin nas eleições legislativas de ontem.

A democrata Tammy venceu o republicano Tommy Thomson, ex-governador do estado e ex-secretário de Saúde na Presidência de George W. Bush, segundo as projeções dos principais veículos de comunicação do país.

Como a primeira mulher abertamente homossexual escolhida para o Senado de EUA, Baldwin ”é um modelo a ser seguido para os jovens LGBT e todas as mulheres jovens de todo o país”, analisou Chade Griffin, presidente da ONG Human Rights Campaign, que tem como bandeira a defesa dos direitos da comunidade LGBT.

O casamento homossexual era uma das propostas em votação ontem em várias consultas estaduais: foi aprovado no Maine, em Maryland e em Washington, e rejeitado em Minnesota.