Syriza se recusa a entrar no governo grego

O líder do partido de esquerda prometeu uma oposição ativa ao governo conservador eleito neste domingo

Atenas – O líder do partido de esquerda Syriza, Alexis Tsipras, rejeitou nesta segunda-feira a oferta de unir-se a um governo de coalizão com o conservador Nova Democracia (ND), vencedor das eleições, e prometeu uma oposição “ativa” e “construtiva”.

“Assegurei ao presidente do Nova Democracia (Antonis Samaras) que vamos controlar o governo em cada um de seus passos e faremos uma oposição ativa e construtiva”, afirmou Tsipras em entrevista coletiva em Atenas.

Samaras, líder do ND, recebeu hoje o mandato do presidente da República, Karolos Papoulias, para formar um Executivo, depois que seu partido venceu no domingo, com 29,7% dos votos, as eleições realizadas neste domingo na Grécia.