Suspeito de ataques em Oslo é norueguês

O homem, que vestia uma roupa com insígnias da polícia, foi detido na ilha e, segundo as autoridades, estaria relacionado com os dois ataques

Oslo – O homem detido nesta sexta-feira depois dos ataques sangrentos no coração de Oslo e em uma ilha periférica é norueguês, anunciou o ministro da Justiça do país, Knut Storberget.

“Uma pessoa foi detida (…). Me informaram que se trata de um norueguês”, disse Storberget em coletiva de imprensa. “Não seria justo de minha parte dar mais informações a este respeito”.

Segundo o ministro, sete pessoas morreram na explosão de uma bomba nos arredores da sede do governo norueguês na tarde de hoje, e outras dez ficaram gravemente feridas.

“Vários de nossos jovens morreram e outros estão desaparecidos”, disse Storberget sobre o tiroteio ocorrido em um acampamento de verão da juventude trabalhista na ilha de Utoeya, próxima a Oslo.

O homem, que vestia uma roupa com insígnias da polícia, foi detido na ilha e, segundo as autoridades, estaria relacionado com os dois ataques.

De acordo com a polícia, entre “nove e dez pessoas” morreram no tiroteio na ilha.