Suposto ataque jihadista em quartel no Mali mata ao menos 10

O ataque aconteceu por volta das 4 da manhã, e seus autores fugiram imediatamente em um veículo roubado dos militares

Bamaco – Cerca de 10 soldados malineses morreram nesta segunda-feira em ataques supostamente perpetrados por jihadistas em um quartel de Gourma Rharous, na região de Timbuktu, disseram à Agência Efe fontes militares e habitantes da zona.

O ataque aconteceu por volta das 4 da manhã, e seus autores fugiram imediatamente em um veículo roubado dos militares, que posteriormente foi encontrado calcinado no meio do deserto.

O governo ainda não se pronunciou sobre este ataque, um dos mais sangrentos dos últimos meses.

No sábado passado, dois militares que faziam parte de um comboio foram mortos e outros quatro feridos em uma emboscada feita também por supostos jihadistas na região de Nampala, junto à fronteira com a Mauritânia.

Agora que cessaram as hostilidades entre os tuaregues e o governo central de Bamaco, parece aumentar os combates entre jihadistas e forças regulares, e assim, em 16 de julho, um ataque militar contra um suposto acampamento jihadista em uma zona florestal de Sikasso (extremo sul do país) terminou com 30 milicianos mortos.