Suécia baixa nível de alerta terrorista no país

Segundo o Centro Nacional de Avaliação de Ameaça Terrorista (NCT), a Suécia é, para os extremistas islâmicos, um alvo “legítimo mas não prioritário"

Os serviços de informações da Suécia (Säpo) baixaram hoje (2) o nível de alerta terrorista no país, elevado após os atentados de novembro em Paris.

“Fizemos uma análise geral da situação e decidimos voltar ao nível de alerta aplicado na Suécia desde o outono de 2010. Passamos do nível 4 para o nível 3, numa escala de 5”, informou em comunicado o diretor dos Säpo, Anders Thornberg.

Segundo o Centro Nacional de Avaliação de Ameaça Terrorista (NCT), a Suécia é, para os extremistas islâmicos, um alvo “legítimo mas não prioritário”.

O nível de alerta foi elevado dias depois dos atentados de Paris, após “um trabalho intenso dos serviços de segurança europeus para analisar a situação”, explicou Thornberg. “Hoje, a imagem do todo é mais clara”, acrescentou.

O centro de Estocolmo foi alvo de um atentado fracassado em dezembro de 2010, quando um sueco de origem iraquiana explodiu um carro-bomba. O terrorista foi a única vítima fatal da explosão.