Sobrinho de Saddam Hussein pede asilo político na Áustria

A identidade de Bashar N. foi confirmada mediante análises de suas impressões digitais, já que ele estava sem documentos

Viena – Um sobrinho do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein apresentou formalmente um pedido de asilo às autoridades da Áustria, depois de ter sido detido em um controle policial de rotina, informou nesta sexta-feira um porta-voz do ministério austríaco do Interior.

“Sua identidade foi confirmada sem dúvida nenhuma”, disse Karl-Heinz Grundboeck à AFP, que apenas se referiu ao homem de 42 anos pelo nome de Bashar N.

Grundboeck, no entanto, desmentiu rumores da imprensa segundo os quais o cidadão iraquiano era alvo de uma ordem internacional de prisão.

O homem se encontrava na quinta-feira na companhia de outros dois iraquianos na estação de trens de Traiskirchen, 10 km ao sul de Viena, e foi abordado pela polícia por volta das 10h00 GMT (07h00 de Brasília), informou Grundboeck, confirmando assim informações divulgadas pela rede de TV pública ORF.

Ao ser abordado pelos policiais, que lhe pediram documentos de identidade, Bashar N. disse que não possuía nenhum papel, mas pediu imediatamente asilo político. Declarou ser um sobrinho de Saddam Hussein e que havia chegado à Áustria em um voo procedente da Turquia.

Sua identidade foi confirmada mediante análises de suas impressões digitais. O homem foi transferido a um local que, por questões de segurança, não foi revelado. Grundboeck adiantou que as autoridades analisarão da forma devida o pedido de asilo.