Sobe para 44 o número de mortos por terremoto na Guatemala

Um porta-voz dos Bombeiros Voluntários Departamentais disse hoje que após sete dias de constante trabalho os socorristas conseguiram resgatar estes corpos

Cidade da Guatemala – Os serviços de resgata da Guatemala recuperaram dois corpos que permaneciam soterrados após o terremoto que sacudiu o país na quarta-feira passada, com o que subiu para 44 o número de mortes pelo sismo, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

Um porta-voz dos Bombeiros Voluntários Departamentais disse hoje aos jornalistas que após sete dias de constante trabalho os socorristas conseguiram resgatar estes corpos.

Nos trabalhos de resgate participaram dezenas de soldados e brigadas do Corpo de Bombeiros, assim como moradores das comunidades de San Marcos.

Segundo as autoridades guatemaltecas, com o resgate das duas vítimas já não resta nenhuma pessoa desaparecida pelo terremoto.

Com estes resgates somam 44 os mortos como consequência do terremoto, que deixou 20.362 afetados, 1,29 milhões de desabrigados, 9.414 casas danificadas e 18.755 evacuados, 7.218 dos quais estão em abrigos temporários.

As autoridades ainda não quantificaram as perdas pelo terremoto e segundo disse hoje o presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina, que visita as áreas afetadas, o dado estimado pode sair na próxima sexta-feira.

O governo decretou ”estado de calamidade” em oito dos 22 departamentos do país para facilitar o envio de ajuda às regiões danificadas e agilizar o processo de reconstrução.