Sobe para 3 o número de mortos em desabamento em Gana

A Organização de Gestão de Desastres Nacionais (Nadmo, na sigla em inglês) relatou que 52 pessoas ficaram soterradas no que restou do prédio de cinco andares

Acra – Pelo menos três pessoas morreram nesta quarta-feira devido ao desabamento de um edifício comercial em Acra, capital de Gana, mas teme-se que haja mais vítimas por haver outras 15 pessoas sob os escombros, informaram as autoridades locais.

A Organização de Gestão de Desastres Nacionais (Nadmo, na sigla em inglês) relatou que 52 pessoas ficaram soterradas no que restou do prédio de cinco andares, que veio abaixo por causas ainda não esclarecidas.

Até o momento, 38 pessoas foram resgatadas em uma operação da qual participam soldados do exército, policiais, bombeiros, agentes da Nadmo e do Serviço Nacional de Ambulâncias.

O presidente de Gana, John Dramani Mahama, cancelou seus atos de campanha para as eleições do dezembro a fim de retornar a Acra e acompanhar o caso.

Durante sua visita ao local do desmoronamento, o presidente ganês afirmou que “deve ser feito o esforço máximo para salvar as vidas dos que estão soterrados”.

Segundo testemunhas, o edifício, que ficava na zona norte de Acra, desabou por volta das 10h locais (8h de Brasília), quando os funcionários rezavam antes do início da jornada de trabalho.