Site da presidência exclui Júlio Prestes da galeria de ex-presidentes

Júlio Prestes de Albuquerque, ex-governador de São Paulo, foi o último presidente eleito da chamada Velha República, mas foi impedido de tomar posse pela revolução de 1930

São Paulo – O novo site da Presidência da República, que entrou no ar ontem, excluiu a foto de Júlio Prestes da galeria de ex-presidentes do Brasil. A exclusão não passou despercebida em Itapetininga, interior de São Paulo, terra natal do ex-presidente.

O jornalista José Reiner postou em seu blog o “alerta” para o que considerou uma prática abominável. “Com certeza o povo itapetiningano, através de suas lideranças, vai reagir contra este ato da Secretaria de Comunicação da Presidência da República”, postou. A Secom é responsável pelo novo site.

Júlio Prestes de Albuquerque (1882-1946), que era governador de São Paulo, foi o último presidente eleito da chamada Velha República, mas foi impedido de tomar posse pela revolução de 1930. O movimento armado depôs o presidente Washington Luís e impediu a posse do eleito, entregando o poder ao gaúcho Getúlio Vargas. O fato mereceu destaque na revista americana Time, que estampou foto de Júlio Prestes na capa. Reiner considerou a exclusão do site uma “discriminação com os paulistas”, pois a fotografia do ex-presidente Tancredo Neves, que também foi eleito, mas não chegou a assumir o cargo, foi mantida no site. “A foto do mineiro Tancredo Neves permanece e é justo que isso ocorra. Afinal, tanto Prestes quanto Tancredo são ícones da história do Brasil e, embora não tenham assumido, foram presidentes pela vontade do povo.” A Secretaria de Comunicação informou que o site ainda está passando por correções.