Síria tem cinco candidatos ao cargo de premier da oposição

O Conselho Nacional Sírio (CNS), principal coalizão opositora, decidiu na segunda-feira "propor três nomes para o posto de primeiro-ministro"

Beirute – Ao menos cinco candidatos disputam o cargo de primeiro-ministro das zonas controladas pela oposição na Síria, que será eleito no dia 2 de março em Istambul, Turquia, indicaram fontes da oposição.

O Conselho Nacional Sírio (CNS), principal coalizão opositora, decidiu na segunda-feira “propor três nomes para o posto de primeiro-ministro”, disse à AFP Samir Nachar, um porta-voz opositor.

Os candidatos são Burhan Galiun, ex-chefe do CNS, Salem al-Moslet e o economista Ousama kadi, os três integrantes do CNS.

Além dos candidatos propostos pelo CNS, circulam outros nomes, como o do ex-primeiro-ministro sírio Riad Hijab e o do opositor Khaled Mustafa, indicou a fonte.