Síria registra queda nos nascimentos superior a 50%

Desde março de 2011, a guerra na Síria deixou mais de 250.000 mortos, quatro milhões de refugiados e sete milhões de deslocados

O índice de nascimentos por ano na Síria registrou uma queda superior a 50% desde o início da guerra, em 2011, informou o jornal Al-Watan.

Salah al-Sheikha, decano da Faculdade de Medicina de Damasco, afirmou ao jornal que antes da guerra o país registrava a média de 500.000 nascimentos por ano.

Em 2015, o número caiu a apenas 200.000, informaram fontes médicas ao jornal, ligado ao regime de Bashar al-Assad.

As fontes atribuem a queda à “recusa dos jovens ao casamento e à emigração”.

Desde março de 2011, a guerra na Síria deixou mais de 250.000 mortos, quatro milhões de refugiados e sete milhões de deslocados.