Síria reabrirá principal fronteira com a Jordânia após 3 anos

A passagem será aberta para o trânsito de caminhões, segundo anunciou o Ministério dos Transportes sírio

Cairo, 29 set (EFE).- O governo da Síria reabrirá em outubro a passagem de Nasib, a principal fronteira com a Jordânia, que permanece fechada há três anos, desde foi tomada por grupos rebeldes.

A passagem será aberta para o trânsito de caminhões, segundo anunciou o Ministério dos Transportes sírio, que anteriormente havia informado que esse trecho seria liberado a partir deste sábado.

A informação da data inicial foi desmentida pela ministra jordaniana das Comunicações, Yumana Gunaimat, em comunicado divulgado pela agência oficial “Petra”.

A passagem de Nasib, que liga o distrito sírio de Daraa à cidade jordaniana de Yaber, é a principal conexão comercial entre os países e se conecta com a estrada internacional que atravessa a Síria de norte a sul, passando por Damasco.

Essa via é considerada um dos cruzamentos terrestres mais importantes do Oriente Médio, já que foi a principal passagem das exportações sírias para Jordânia, Líbano e os países do Golfo.

As forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, recuperaram a passagem de Nasib e toda a província de Daraa em julho, após forçarem os rebeldes a saírem para a região de Idlib, no norte do país.

Depois que o governo sírio assumiu o controle da fronteira, o Exército jordaniano divulgou um comunicado que essa reconquista traria consequências “positivas para a segurança e a economia” de ambos os países.

Até então, a Jordânia mantinha as fronteiras com a Síria fechadas para evitar a entrada de refugiados e de terroristas em seu território. EFE