Síria precisa de ajuda humanitária para 1,5 milhão de civis

A insegurança vivida pelo país explica que só 461 mil pessoas tenham se beneficiado até agora da chegada de mantimentos do Programa Mundial de Alimentos

Genebra – Pelo menos 1,5 milhão de civis necessitam de ajuda humanitária urgente na Síria, no entanto o acesso a essas pessoas é restrito por causa da intensificação do conflito e em meio a esse cenário o número de deslocados internos continua aumentando, informou nesta sexta-feira a ONU.

A insegurança vivida pelo país explica que só 461 mil pessoas tenham se beneficiado até agora da chegada de mantimentos do Programa Mundial de Alimentos, segundo o organismo internacional.

Além disso, há 92 mil refugiados sírios recebendo algum tipo de ajuda em países vizinhos.

As missões de reconhecimento enviadas pela ONU à Síria para examinar a presença futura desta organização no país concluíram seu trabalho, mas o aumento do envio de pessoal é difícil devido ao aumento da violência, afirmou o Escritório de Assuntos Humanitários da ONU.