Síria convida a OPAQ a investigar sobre suposto ataque químico em Duma

Em comunicado, o governo sírio afirmou que pretende colaborar com a OPAQ na investigação do suposto ataque químico em Duma no final de semana

O regime sírio enviou um convite oficial à Organização para Proibição de Armas Químicas (OPAQ) para visita a cidade de Duma, controlada pelos rebeldes, para investigar um suposto ataque químico ocorrido no fim de semana passado.

A agência de notícias estatal SANA disse que o ministério das Relações Exteriores “mandou um convite formal à OPAQ para que envie uma equipe de sua missão para investigar as denúncias relacionadas ao suposto uso de armas químicas”.

“A Síria confirma sua vontade de cooperar com a organização”, enfatizou uma fonte da chancelaria, citada pela Sana em um momento em que se multiplicam os pedidos na comunidade internacional de uma investigação sobre o episódio.

Socorristas e médicos atuando na cidade rebelde de Duma, em Ghouta Oriental, afirmaram que mais de 40 pessoas morreram pelo suposto ataque com gás venenoso.