Síria anula acordo mútuo de isenção de vistos com a Turquia

Segundo Damasco, a anulação entrará em vigor em 30 dias, a partir dos quais "não será permitido que cidadãos turcos entrem na Síria sem um visto"

Damasco – O governo sírio anulou nesta quinta-feira o acordo de isenção mútua de vistos com a Turquia em aplicação “do princípio de reciprocidade”, depois que Ancara adotou essa medida com relação à Síria há pouco mais de uma semana.

Em comunicado divulgado pela agência de notícias oficial “Sana”, o Ministério sírio de Relações Exteriores explicou que decidiu adotar esta medida depois que o governo turco revogou unilateralmente, em 9 de dezembro, o acordo de isenção mútua de vistos assinados por ambos Estados em 2009.

Segundo Damasco, a anulação entrará em vigor em 30 dias, a partir dos quais “não será permitido que cidadãos turcos entrem na Síria sem um visto”.

O Ministério sírio das Relações Exteriores acusou o Executivo da Turquia de ser o responsável das repercussões desta medida nos cidadãos turcos e sírios.

As relações entre Síria e Turquia são tensas desde o início do conflito sírio em março de 2011.

Damasco acusa Ancara de respaldar as organizações terroristas que operam na Síria, enquanto as autoridades turcas não ocultam suas posturas contrárias ao regime de Bashar al-Assad.

Segundo dados oficiais, a Turquia abriga cerca de 2,2 milhões de sírios, dos quais 200 mil vivem em acampamentos governamentais.