Sindicato português convoca greve geral contra austeridade

Governoportuguês informou que pretende cortar os salários dos servidores públicos em 5 por cento e elevar os impostos

Lisboa – O maior sindicato de Portugal, o CGTP, convocou nesta sexta-feira uma greve geral para 24 de novembro, para protestar contra as medidas de austeridade fiscal anunciadas pelo governo.

“Eu proponho que os trabalhadores de nosso país entrem em greve geral em 24 de novembro”, disse o líder do CGTP, Manuel Carvalho da Silva.

A greve geral seria a primeira ação industrial desse tipo desde 2007.

Depois do início da crise financeira mundial a atividade sindical em Portugal tem sido contida, mas as últimas medidas de austeridade anunciadas pelo governo devem motivar uma maior movimentação, segundo analistas.

Na quarta-feira, o governo informou que pretende cortar os salários dos servidores públicos em 5 por cento e elevar o imposto sobre valor agregado de 21 para 23 por cento.

Leia mais notícias sobre greves

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter