Sindicato move ação contra lojistas do Center Norte

Processo contra o shopping é pelo risco de explosão devido ao vazamento de gás metano do subsolo do estabelecimento, que ameaça os funcionários

São Paulo – O Sindicato dos Comerciários de São Paulo vai ajuizar, hoje, uma ação civil pública com pedido de adicional de periculosidade contra as lojas do Shopping Center Norte e Lar Center, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo.

De acordo com o sindicato, os estabelecimentos foram construídos sobre um lixão onde há risco de explosão devido ao vazamento de gás metano do subsolo, o que, segundo a legislação trabalhista, gera aos empregados o direito a receber o adicional de periculosidade retroativo aos últimos cinco anos, no valor de 30% sobre os seus salários.

Na ação, que será entregue no Fórum Trabalhista Rui Barbosa, na Barra Funda, zona oeste da capital paulista, será determinada judicialmente a realização de perícia técnica para constatação dos riscos.

No fim de setembro, o shopping Center Norte foi interditado e pagou multas por causa do vazamento de gás na área devido à falta de drenos para exaustão de metano no subsolo.