Série de ataques em Bagdá matam 17 policiais e soldados

Pelo menos 17 membro das Forças de Segurança do Iraque morreram nas últimas horas

Bagdá – Pelo menos 17 membros das Forças de Segurança iraquianas morreram nas últimas horas em vários ataques armados e atentados com explosivos nas províncias de Salah ad-Din e Babel, ao norte e sul de Bagdá, respectivamente.

Segundo informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais, cinco policiais morreram e dois ficaram feridos em um ataque armado a uma patrulha na área de Al Masafi, em Salah ad-Din.

Um grupo de desconhecidos matou, além disso, quatro soldados e feriu três em um ataque ao veículo em que as vítimas estavam em uma estrada ao oeste de Tikrit, capital de Salah ad-Din.

Também em Tikrit, um guarda de instalações petrolíferas foi assassinado a tiros no centro da cidade, enquanto um soldado e um agente antiterrorista foram alvejados e morreram em agressões nos arredores.

Em Babel, cinco soldados morreram e sete ficaram feridos pela explosão de uma bomba durante a passagem de sua patrulha na região de Yarf al Sajr.