Separatistas encomendam hino a escritores e compositores

Presidente ucraniano ofereceu aos separatistas três anos de autogoverno e a realização de eleições locais em 7 de dezembro nas regiões de Donetsk e Lugansk

Moscou – A autoproclamada república popular de Donetsk (no leste da Ucrânia) encomendou seu hino oficial a escritores e compositores russos, anunciou nesta quinta-feira o ministro da Cultura, Yuri Lekstutes.

“Nos dirigimos à União de Escritores e à União de Compositores da Rússia com o pedido de que nos ajudem a escrever a principal obra musical do Estado”, disse, citado pela agência oficial russa “RIA Novosti”.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, ofereceu aos separatistas pró-Rússia três anos de autogoverno e a realização de eleições locais em 7 de dezembro nas zonas controladas por eles nas regiões de Donetsk e Lugansk.

Eles responderam que celebrarão sua própria eleição legislativa e elegerão seu líder em 2 de novembro.

Além disso, anteciparam hoje que não têm intenção de participar das eleições parlamentares ucranianas convocadas para 26 de outubro.

Apesar de os dois lados terem declarado em 5 de setembro um cessar-fogo, trégua selada no Memorando de Minsk duas semanas mais tarde, os combates recrudesceram hoje no aeroporto de Donetsk, principal praça forte rebelde.