Senado dos EUA aprova medida para combater traficantes estrangeiros

O projeto de lei, que agora será analisado pela Câmara de Representantes, outorga ao Departamento de Justiça novas ferramentas para processar traficantes estrangeiros

Washington – O Senado dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei bipartidário que facilita o processo contra narcotraficantes estrangeiros e sua extradição, como parte de uma estratégia contra o crime organizado.

O projeto de lei, que agora será analisado pela Câmara de Representantes, outorga ao Departamento de Justiça novas ferramentas para processar traficantes estrangeiros e facilita as gestões para a extradição de criminosos colombianos e peruanos que com frequência operam junto a mexicanos.

Entre outros elementos, a iniciativa, apresentada pela senadora democrata Dianne Feinstein e o republicano Charles Grassley, estabelece sanções por acusações de narcotráfico quando existir ‘causa razoável’ para acreditar que os indivíduos planejam o contrabando de drogas para os EUA.

Também permite que as sanções já vigentes sejam aplicadas igualmente contra indivíduos envolvidos na elaboração e no contrabando de matéria-prima utilizada para a produção de drogas ilícitas.

‘Este projeto de lei deixa claro que os traficantes que exportam drogas ilícitas para os EUA serão processados’, disse Dianne, senadora pela Califórnia e presidente do comitê para o controle antidrogas do Senado.

Na semana passada, o Senado também aprovou de forma unânime outra medida bipartidária que procura aumentar a segurança fronteiriça ao combater os traficantes que utilizam ultraleves transferir drogas na fronteira com o México.

Essa medida também aguarda votação na Câmara de Representantes.