Seção antiterrorismo vai investigar atropelamento na França

Fontes da procuradoria indicaram que foi aberta uma investigação por "tentativa de assassinato relacionada com uma organização terrorista"

Paris – A seção antiterrorista da Procuradoria de Paris abriu nesta quarta-feira uma investigação após o atropelamento de um grupo de militares em Levallois Perret, nos arredores de Paris, em que seis deles ficaram feridos.

Fontes da procuradoria indicaram à Agência Efe que foi aberta uma investigação por “tentativa de assassinato relacionada com uma organização terrorista de pessoas que detêm autoridade pública e conspiração para fins terroristas”.

Um veículo atropelou um grupo de militares por volta das 8h locais (3h de Brasília), quando os soldados saíam de um quartel, mas depois fugiu em alta velocidade. A polícia francesa mobilizou um enorme dispositivo para encontrar o suspeito.