Saúde delicada de papa nunca lhe impediu nada

A doença que mais marcou a vida do novo pontífice foi uma infecção pulmonar que quase causou sua morte durante sua juventude

Buenos Aires – O papa Francisco possui uma saúde delicada “que nunca lhe impediu nada”, afirmaram nesta quinta-feira pessoas que compartilharam com ele algum momento de sua vida e de sua etapa como sacerdote e bispo do bairro portenho de Flores.

“Teve problemas no estômago e no intestino, e tem que fazer uma dieta especial, mas nenhuma das doenças lhe impediu de fazer nada, sempre foi um homem muito ativo”, contou à Agência Efe uma das paroquianas da paróquia Santa Francisca Javier Cabrini.

Porém, a doença que mais marcou a vida do novo pontífice foi uma infecção pulmonar que quase causou sua morte durante sua juventude, e pela qual teve que viver com um só pulmão.

“Houve vários dias de incerteza porque os médicos não acertavam o diagnóstico”, explicou Sergio Rubin, jornalista do “Clarín” e autor de vários livros sobre temas religiosos.

“No fim detectaram uma infecção pulmonar que requereu um tratamento com sondas que lhe provocou dores terríveis”, lembrou.

Segundo Rubin, foi uma freira quem conseguiu acalmar seu sofrimento com uma simples frase: “Com tua dor, está imitando Jesus”.

Desde então, acrescentou, “apesar das sequelas dessa doença lhe obrigarem a administrar seus esforços, nunca foi uma restrição severa”.