Rússia vai demitir 100 mil funcionários públicos até 2013

Estado pretende economizar US$ 1,3 bilhão com as demissões

Moscou – A Rússia vai demitir mais de 100.000 funcionários públicos até 2013, anunciou nesta segunda-feira o ministro das Finanças Alexei Kudrin.

“Prevemos suprimir mais de 100.000 empregos públicos em um período de três anos”, declarou Kudrin, citado pelas agências russas.

Segundo o ministro, o Estado economizará 43 bilhões de rublos (1,3 bilhão de dólares) com a medida.

Leia mais notícias sobre o funcionalismo e sobre a Rússia

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter